A Importância Do Mapeamento De Dados Para As Escolas

O mapeamento de dados para as escolas é um dos assuntos que as instituições de ensino abordaram muito desde 2018 com a sanção da Lei Geral de Proteção de Dados (a famosa LGPD). 

A importância de realizar essa triagem agora se faz obrigatória, mas as escolas têm muito a ganhar com isso de acordo com os especialistas no assunto (bem como especialista em gestão). 

Ainda restam muitas dúvidas acerca do assunto. Inclusive, muitos pensaram que a Lei Geral de Proteção de Dados seria aplicada apenas às empresas, mas isso é um mito. 

Mapeamento de dados para as escolas: as escolas precisam seguir a LGPD? 

Como dito anteriormente, não são somente as empresas que precisam seguir as premissas da LGPD, mas as escolas também. Daí se dá a importância do mapeamento de dados para as escolas.  

Para seguir o imposto pela Lei Geral de Proteção de Dados é necessário fazer o mapeamento das informações, bem como organizá-las de maneira adequada.  

As informações de alunos, professores e quaisquer outros que tenham vínculo com a escola devem ser devidamente coletadas, armazenadas e tratadas. 

Além disso, tais dados normalmente são de importância a longo prazo. Mantê-los organizados é um ponto muito positivo para a escola e todos os alunos também.  

Necessidade do consentimento dos responsáveis 

O mapeamento de dados para as escolas necessita das informações dos alunos, mas também há a necessidade da autorização dos pais e responsáveis em relação ao uso desses dados.  

A transparência também é uma premissa da LGPD e os responsáveis têm o direito de entender todos os pormenores da utilização dessas informações. 

Para saber mais sobre a importância do mapeamento de dados para as escolas acesse o canal do Youtube

Compartilhe