A sustentável leveza do compliance digital educacional

Nós temos que usar a leveza do pássaro e não da pluma; mas buscar a leveza e buscar a simplicidade não é uma tarefa fácil. Para a crianças a leveza é uma tarefa fácil em razão da pureza e da naturalidade com que ela vive os próprios sentimentos e absorve as situações de acordo com a sua idade e compreensão. Toda escolha feita gera uma renúncia. A leveza do pássaro é a leveza com consistência e a da pluma é mais suave, no entanto, para aonde o vento leva ela vai, a pluma sem o pássaro não tem controle de si.

O que muito se visualiza na internet são autoafirmação alienadas, tais como: está tudo bem, está tudo certo, está tudo legal. E, você que vê que as palavras são outras, ou seja, vazias, que estão trazendo mais atos ilícitos e mais aflição social. As afirmações de que “está tudo bem, está tudo certo, está tudo legal”, são ocas e vazias e não trazendo valor ao destinatário, fato que resulta no aumento expressivo de agressões, tanto quanto em relação as crianças, quanto em relação as mulheres.

Muito se vê que as pessoas não querem mais assistir jornais ou ler as notícias, obviamente porque todos os meios de comunicação só estão trazendo notícias gravíssimas como a Covid19, mas toda forma de exagero, exclusão e/ou alienação isso acarreta alguma forma problemas jurídico ou psíquico.

E porque eu falo dessa leveza, oca e vazia propagada de forma errônea pela mídia? Porque muitas vezes eu escuto profissionais de educação e empresários falar:

Nossa, está tudo bem; está tudo certo, está tudo maravilhoso. E ficam se repetindo isso, como se fossem papagaios de pirata sem implantar nenhuma política de prevenção ou ação, quer seja compliance, quer seja de intervenção neste momento de emergência. É neste momento que precisamos de administradores de verdade para que os colaboradores enclausurados não exploram de ansiedade. As consultorias de compliance precisam ser acionadas com urgência para que não tenham uma explosão psíquica em massa em médio prazo.

Então, todas as vezes que você fica fugindo do problema, se alienando do problema ou ainda pior, fazendo o que o brasileiro mais gosta de fazer, postergar e deixar isso para o último minuto, isso vai gerar um problema insustentável, que gera o fechamento, falência e/ou recuperação judicial de inúmeras empresas. Lembrando que isso não é a primeira vez que acontece na história do nosso país, afinal, quem não se lembra do Plano Collor?

Não se pode ter muita leveza em uma situação que é insustentável, uma vez que na verdade a única coisa que está se fazendo é camuflar o problema e, como já disse o poeta Cazuza: “mentiras sinceras me interessam”. Até quando essa frase vai ser dita e acreditada?

São necessárias medidas proativas por parte dos empresários e dos colégios que estão vendo a pandemia passar sem nenhum planejamento. Afinal, só com a teoria do good vibes os problemas estruturais e digitais que existem nas empresas e escolas não vão se resolver ser resolver.

A solução está na aplicação de técnicas jurídicas, técnicas de administração, técnicas de marketing/marketing digital, técnicas de TI e com técnicas de segurança da informação, não adianta fazer ‘o paz e amor’ e achar que tudo vai resolver, as coisa precisam de ação e essas ações são muito importantes e emergenciais.

Dentre várias coisas que eu falo para os donos das escolas e empresários é que: não é possível você fugir da sua empresa, da sua escola, porque a empresa e escola são entidades vivas e rodeadas por todo ordenamento jurídico. Então, por isso insisto na questão do compliance e do cumprimento das regras, mas por qual razão? É só pra não pagar multa, é só para não gastar dinheiro com processos? Não! É para segurança das pessoas!

O colaborador, o professor, o aluno e a sociedade não precisam só de só segurança financeira e salário. As pessoas precisam de segurança do trabalho e segurança psicológica, mediante cursos e treinamentos constantes. As pessoas gostam de rotina, gostam de saber que elas vão encontrar os amigos, que a família dela vai estar em casa. Creiam, o ser humano – para o bem ou para o mal –  é um ser metódico o compliance é a melhor ferramenta para ajudar a sociedade em um momento tão difícil como esse.

Por isso eu aconselho o compliance digital, por acreditar que é o caminho e, não dá pra ser “hiper leve”, nem “hardcore”, você tem que estar no caminho do meio, sabe por quê? Porque a empresa precisa de pulso firme para ser conduzida, mas obviamente conduzida com o coração, ter pessoas comprometidas a fazer realmente aquilo que diz o código civil, artigo 966, ou seja, cumprir a função social da empresa. E, qual é a função social da empresa? Trazer pacificação social, girar a economia para que as pessoas comprem, consumam, saiam, vivam, obviamente que não vivam só de consumo, mas de paz cultura e educação como princípio de vida.

Todavia, é muito importante que se encontre o caminho do meio. Esse momento da Covid19, por um lado também está trazendo leveza para o ser humano, que estão entendo que a vida por mais difícil que esteja sendo está trancado dentro de casa, estão entendendo que a vida não é só dinheiro e trabalho, é também se dedicar, ter um olhar mais atento ao seu filho (a), seu companheiro (a), seu bichinho de estimação, você já percebeu que seu bichinho de está mais feliz ? por que será ? É a pergunta de $ 100.000.000,00 (cem milhões de dólares).

O que eu acredito para dar certo no compliance brasileiro é se despir da vaidade em relação a sua inteligência como empresário ou como administrador escolar, jogar essa altivez fora e entender que ‘santo de casa não vai fazer milagre’. E, é nesse ponto que eu queria chegar, é muito ego e pouca ação, é por isso que as pessoas não possuem educação digital, e por isso, que tem vazamento de dados, e por isso, que tem cyberbullying, porque temos uma vaidade suprema que infelizmente domina alguns dos administradores escolares e dos empresários brasileiros, mas acho que a Covid19 está aí pra ensinar muita coisa.

Então vamos aproveitar a oportunidade e aprender?

Nossas redes sociais estão aí para te ajudar com muita informação de qualidade

Instagram, LinkedIn, Facebook  e YouTube

Compartilhe


Open chat